fbpx

Grêmio decide dar respaldo para Thiago Gomes após negativas de Roger e Mano Menezes

O auxiliar Thiago Gomes deve receber o respaldo da direção para trabalhar como técnico principal do Grêmio nesses próximos dias. Após a saída de Felipão e as negativas de Roger e Mano Menezes – os preferidos dos cartolas gremistas – a tendência é que o interino siga no comando do clube até quarta-feira, para enfrentar o Fortaleza, na Arena Castelão, às 20h30min.

Em caso de boa resposta da equipe, não se descarta a possibilidade de Gomes levar o time até o final do ano e tentar salvar o Tricolor do terceiro rebaixamento. A situação da equipe – que está no Z4 desde a segunda rodada – é extremamente delicada na tabela – 19° lugar com 23 pontos e cinco distante do Santos, a primeira equipe fora do Z4. Apesar disso, a matemática para sair desta situação é simples: vencer sete jogos dos próximos 15. É o necessário para atingir os 43 pontos. 

O entendimento inicial era de “solucionar” a questão técnico ainda nesta segunda ou na terça. Entretanto, por razões similiares, Roger e Mano Menezes não gostariam de voltar a trabalhar com a temporada em andamento e disseram não ao serem procurados. O primeiro, aliás, foi procurado antes da derrota para o Santos, como uma sondagem, mas já naquele momento inclinou pelo não. Lisca e Arce são alguns nomes que correm por fora, mas sem unanimidade dentro da diretoria.  

Internamente, Thiago Gomes é elogiado por seu conhecimento tático e técnico e vem sendo preparado para o futuro na casamata. No entanto, essa preparação já correu o risco de ser abreviada ainda nesta temporada. Em agosto, quando Tiago Nunes foi demitido, o cenário desta segunda-feira se repetiu. O auxiliar chegou a ser “promovido” para interino e existia a chance de assumir definitivamente o grupo de jogadores. Porém, isso acabou não acontecendo e Felipão foi anunciado. 

Em jogos do profissional gremista nesta temporada, Gomes soma quatro jogos, com uma derrota, um empate e duas vitórias. Para o duelo de quarta, ele pediu para que os jovens Elias e Fernando Henrique e o veterano Victor Ferraz integrassem o elenco, já que serão sete desfalques para a partida. 

Fonte: Correio do Povo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: