fbpx

Ministério da Saúde diz que expectativa é restabelecer nos próximos dias os sistemas que sofreram ataque hacker

O Ministério da Saúde afirmou neste sábado (11) que espera restabelecer, nos próximos dias, os sistemas atingidos por um ataque hacker. O aplicativo e a página do ConectSUS – plataforma responsável pela emissão do comprovante de vacinação contra a Covid-19 – saíram do ar após a invasão.

O ataque ocorreu na madrugada de sexta-feira (10). O problema também afetou o sistema de notificação de casos da doença. A suspensão dos serviços levou o governo federal a adiar a necessidade de apresentação de um comprovante de imunização para viajantes que chegarem ao Brasil por via aérea e, em caso de ausência do documento, a exigência de cinco dias de quarentena.

As medidas entrariam em vigor neste sábado, mas, de acordo com portaria publicada na sexta-feira, passarão a valer somente em 18 de dezembro. Neste sábado, o Ministério da Saúde informou, em nota, que “está atuando com a máxima agilidade para restabelecer os sistemas comprometidos com o ataque causado na madrugada desta sexta”.

“Vários sistemas já foram restabelecidos, e a expectativa é de que os outros sistemas estejam disponíveis para a população na próxima semana”, disse a pasta.

Segundo o ministério, foram atingidos os seguintes sistemas: e-SUS Notifica (sistema de notificação de casos de Covid); SI-PNI (Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunização), que tem informações sobre cobertura vacinal e vacinação contra outras doenças no País; ConecteSUS; e funcionalidades como a emissão do Certificado Nacional de Vacinação Covid-19 e da Carteira Nacional de Vacinação Digital.

Fonte: O Sul

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: