fbpx

Banrisul quer parceiro para expandir operações de cartões no país

Diante um pedido de esclarecimentos, o presidente do Banrisul, Claudio Coutinho, detalhou, na tarde desta quarta-feira, o fato relevante divulgado pelo banco que prevê operação com a subsidiária Banrisul Cartões, no mês passado. Na divulgação, o banco informou a decisão de realizar uma “operação estratégica” que “poderá envolver a alienação de ações de emissão da Banrisul Cartões, inclusive representativas do seu controle acionário”. A proposta busca conseguir um parceiro-sócio para impulsionar as operações no âmbito nacional. Se avançar, a operação poderá ocorrer até o início de 2022. 

Segundo Coutinho, a operação visa captar sócios para a área de adquirência (responsável pelas transações feitas com cartões de crédito e débito) que se refere à marca “Vero”. “Este é um mercado altamente competitivo. Nosso objetivo com o fato relevante é ampliar a escala e a capacidade financeira para competir em nível nacional”, explicou.Em outras palavras, Coutinho informou que o propósito é aumentar o capital primário da Vero para empreender operações além do RS, o que sem um parceiro não seria viável. “Estamos vendo o mercado cada vez mais competitivo, cada vez operando com preços competitivos, reduzindo o preço da margem, para garantir clientes e roubar clientes”, destacou ele, sobre o panorama do segmento.

Atualmente, o banco possui quatro milhões de clientes. Apenas o Banrisul Cartões representa 20% do lucro da instituição. Lembrou que os estudos para a operação tiveram início no ano passado, mas em função da pandemia e as incertezas do mercado, a discussão foi adiada. “Antes de tomarmos qualquer tipo de providência, emitimos o fato relevante para evitar que haja qualquer vazamento de informações”, ponderou. Ressaltou que não há nenhuma negociação em curso no momento. 

Autor do convite, o presidente da Assembleia Legislativa, Gabriel Souza (MDB), ponderou a existência de risco na operação. Citou, por exemplo, o fato de um concorrente do banco vir a se tornar sócio da instituição. A preocupação também recai pelo fato de que os cartões representam importante segmento. Sobre a ponderação, o presidente do banco reconheceu a existência do risco e não descartou a possibilidade de a operação não avançar. 

Fonte: CP

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: