fbpx
EsportesGeral

Bracks diz ter planos “B, C e D” para eventual saída de Aguirre do Inter

O diretor executivo do Inter, Paulo Bracks, afirmou, em entrevista aos canais ESPN nesta quinta-feira, que a direção está ciente da possibilidade da saída de Diego Aguirre para comandar a seleção do Uruguai e disse já ter “um plano B, plano C, D” engatilhados para um novo treinador. Ele, no entanto, não mencionou nomes. 

“Acredito que se esse convite vier, a gente vai ter que sentar e conversar”, disse Bracks. “Também não posso esconder que, dentro do meu planejamento, de convite ou não para o Diego, obviamente tenho um plano B, plano C, D. Eu preciso ter isso para treinador e para jogador”, acrescentou.

Conforme a imprensa uruguaia, Aguirre era cotado para substituir Óscar Tabárez no comando da Celeste Olímpica após resultados ruins nas Eliminatórias. A federação do país chegou a anunciar a saída do treinador, mas voltou atrás, e manteve “El Maestro” no cargo até o final da competição. Nos bastidores, a continuidade do trabalho de Tabárez – que já dura 15 anos – depende dos próximos resultados. Dessa forma, a porta ficaria aberta para a chegada de Aguirre. 

O próprio técnico do Inter deixou em aberto as especulações em coletiva após a derrota para o Palmeiras, no último domingo. ““Eu estou muito feliz no Inter e me sinto bem aqui. Às vezes acontecem coisas e chances que você nem imagina. Minha ideia é cumprir meu contrato com o Inter”, disse, mas afirmou que gostaria de começar um trabalho do zero e “Se isso for uma possibilidade, falaremos”.

“Todo contrato tem cláusula de saída”

Aos canais ESPN, Bracks foi enfático ao mencionar que não pode “confiar em absoluto no cumprimento dos contratos e ser surpreendido”. Para o diretor, todo o contrato “tem cláusula de saída” e que ele, como dirigente, não pode fechar “os olhos à possibilidade que é real e factual”.

Bracks contou como foram os bastidores do Inter antes da partida contra o Palmeiras, momento em que a notícia começou a circular. “A gente desembarca em São Paulo com essa notícia nos nossos celulares e, à noite, leio que o Aguirre tinha entregado uma carta de demissão para a direção”, contou. Os atletas obviamente ficaram sabendo, o próprio treinador ficou com telefone bastante ativo neste dia”, completou.

O diretor confirmou que ligou para o intermediário de Aguirre no mesmo dia, perguntando sobre algum contato da federação. O empresário negou. “Não houve nenhum tipo de movimento concreto. Mas é muito difícil esconder. Você tem que tratar. E às vezes a melhor maneira de fazer isso é conversando. Conseguimos administrar e na partida não houve interferência da informação”, afirmou o dirigente.

O fato é que Aguirre deve permanecer no Inter até o final do ano. O técnico uruguaio ainda acerta os últimos detalhes para o confronto desta quinta-feira, às 20h, diante do Bragantino, no Beira-Rio.

Fonte: Correio do Povo

%d blogueiros gostam disto:

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/tapeja36/public_html/wp-includes/functions.php on line 5420