fbpx
GeralPolítica

De volta ao Brasil, Bolsonaro e Michelle se mudam para casa em condomínio em Brasília

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) retornou ao Brasil na quinta-feira (30), mas decidiu não voltar para sua casa no Rio de Janeiro. Ele trocou o condomínio Vivendas da Barra, na Zona Oeste da cidade, pelo Solar de Brasília, no bairro Jardim Botânico, na capital federal.

Assim como o Vivendas, a nova residência é localizada em uma região nobre, a pouco mais de dez quilômetros do Palácio do Planalto. A procura pelo imóvel para receber a família Bolsonaro e seus seis cães começou no início de janeiro. A ex-primeira-dama Michelle e o marido tinham como prioridade um lar em um local discreto e seguro. O condomínio escolhido é cercado por grades, guaritas com vigilantes armados e patrulhas que fazem rondas. De acordo com a revista Veja, o aluguel da residência custa R$ 12 mil por mês.

Reformada para receber a família, a casa é de uma amiga de Michelle. Orientada pela equipe de segurança do ex-presidente, películas escuras nos vidros foram colocadas na residência para evitar que os novos moradores sejam vistos.

A casa de dois andares tem piscina e 400 metros quadrados de área construída, além de uma área verde com mais 795 metros quadrados. Na área externa do condomínio, há quadras poliesportivas, de futebol e tênis, salão de festas e academia.

O condomínio tem 1.220 casas, cerca de 4.000 moradores e 80 funcionários, entre seguranças e porteiros. Para assegurar a sensação de segurança aos moradores, a vigilância é feita por 140 câmeras. Exclusivamente para a família Bolsonaro, homens do Exército e da Aeronáutica vão reforçar a segurança.

Discórdia 

A chegada da família divide os vizinhos do ex-chefe do Executivo. Enquanto alguns já planejam pedir fotos e visitas a Bolsonaro e Michelle, outros se preocupam com a segurança, rotina e tranquilidade da região.

Recheado de militares, o condomínio também tem pelo menos três apoiadores do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Nas eleições de 2022, as casas ao lado da do ex-presidente foram decoradas com adesivos de apoio ao petista. Além de, pelo menos, dez moradores do “Comitê de Luta Jardim Botânico”, que chegou a colocar um outdoor se posicionando contra a mudança de Bolsonaro para a região.

Os moradores também têm o receio de aglomerações no condomínio em razão da presença de Bolsonaro.

Fonte: O Sul

%d blogueiros gostam disto:

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/tapeja36/public_html/wp-includes/functions.php on line 5420