fbpx

Eduardo Leite publica nova versão de vídeo após processo de Chico Buarque: ‘Cantor que não posso dizer o nome’

O governador do RS, Eduardo Leite (PSDB), republicou na quinta-feira (7) um vídeo que havia sido retirado de seu perfil após decisão da Justiça, acatando pedido do cantor, compositor e escritor, Chico Buarque, citado na publicação original.

Na nova versão, Leite não menciona o músico. “Basta ver naquele cantor, que eu não posso dizer o nome, e no Sérgio Reis, duas belezas musicais, e não só duas escolhas políticas”. No lugar de um vídeo breve em que Buarque aparecia, o vídeo mostra cenas de um palco. Assista acima.

A decisão é da Justiça do Rio de Janeiro, que fixou multa de R$ 5 mil em caso de descumprimento. O governador entrou com recurso.

“Apesar de não haver decisão definitiva, acatamos a decisão liminar e retiramos o vídeo anterior das redes sociais. No entanto, o vídeo continua dizendo o que importa para o país, mesmo que não se possa dizer o nome do cantor – e ainda que não tenha havido nenhuma manifestação de apoio ou uso indevido de sua imagem anteriormente”, disse Leite, ao g1.

“Por isso aproveitamos o dia do #tbt para reveicular, deixando claro que fomos impedidos de usar o nome judicialmente, porque isso também é uma verdade, como todas as outras ditas no vídeo”, completa.

A defesa de Chico Buarque argumenta que Leite “fez uso político da obra e do nome de Chico Buarque, sem a autorização do artista”. Na ação, pede indenização de 40 salários mínimos.

O governador gaúcho disse, à época, que “o escritório jurídico que representa o Chico Buarque tem todo o direito de buscar a justiça, mas eles não entenderam o vídeo“, disse.

Fonte: G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: