fbpx
Geral

Elissandro Spohr e Marcelo de Jesus se apresentam à Justiça após STF determinar prisões

Dois dos condenados pela tragédia da Boate Kiss se entregaram no início da noite desta terça-feira. O ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), derrubou o habeas corpus e determinou a prisão dos quatro julgados culpados pelo Tribunal do Júri. Elissandro Spohr e Marcelo de Jesus já se apresentaram, cumprindo a decisão.

Spohr, ex-proprietário da Kiss e condenado a 22 anos e 6 meses, se apresentou às autoridades, em Porto Alegre e vai ser levado à Pecan I, no complexo penitenciário de Canoas. 

A defesa de Luciano Bonilha informou que ele se entregaria à Justiça em São Lourenço do Sul, assim que fosse expedido mandado. O advogado de Mauro Hoffmann relatou que ele também está à disposição do Judiciário.

“A decisão será integralmente cumprida, conforme já informado ao juízo da 1ª Vara, inclusive com relação ao local de cumprimento”, salientou Bruno Seligman. “Avaliaremos os recursos cabíveis e aguardaremos a decisão do mérito do Habeas Corpus no TJRS, na quinta-feira”, acrescentou. O local onde se entregaria, entretanto, não foi revelado.

Elissandro Callegaro Spohr e Mauro Londero Hoffmann eram sócios da casa noturna na época da tragédia. Marcelo de Jesus dos Santos era vocalista da Banda Gurizada Fandangueira e Luciano Bonilha Leão, o auxiliar do grupo musical que se apresentava na boate na noite do incêndio.

Sentenças

Elissandro Callegaro Spohr 
Pena base: 15 anos
Pena final: 22 anos e 6 meses 

Mauro Londero Hoffmann 
Pena base: 13 anos
Pena final: 19 anos e 6 meses 

Marcelo de Jesus dos Santos e Luciano Bonilha Leão
Pena base: 12 anos
Pena final: 18 anos

Fonte: Correio do Povo


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/tapeja36/public_html/wp-includes/functions.php on line 5420