fbpx
EsportesGeral

Grêmio vence o Juventude na estreia de Vagner Mancini e ganha fôlego na luta contra o Z4

A estreia do técnico Vagner Mancini foi do jeito que o torcedor esperava. Na noite deste domingo, na Arena, o Grêmio venceu o Juventude pelo placar de 3 a 2 e, mesmo sem grande atuação e com susto no fim, conquistou resultado importante na briga contra o rebaixamento no Brasileirão. Com o triunfo, o Tricolor segue no Z4, mas sobe para 18º, com 26 pontos. Já o Juventude chega ao quinto jogo sem vitória, e entra na zona de rebaixamento, estacionado nos 28.

No primeiro tempo, o Grêmio fez dois gols em sequência. Aos 23, Douglas Costa anotou. Um minuto depois, Diego Souza também aproveitou rebote do goleiro do Juventude e fez 2 a 0. Na etapa final, Villasanti fez o dele. Sorriso e Roberson marcaram para os visitantes.

O Grêmio volta a campo na próxima segunda-feira, 25 de outubro, quando enfrenta o Atlético-GO, às 20h. A partida, válida pela 28ª rodada do Brasileirão, acontece no Antônio Accioly. 

Primeiro tempo com dois gols em dois minutos

Na primeira partida sob o comando de Vagner Mancini, o treinador promoveu algumas mudanças. Na zaga, Paulo Miranda foi o companheiro de Kannemann. De volta da Seleção do Paraguai, Villasanti voltou à volância. No meio, Jean Pyerre mais uma vez começou a partida, municiando Diego Souza, que segue como centroavante titular no lugar de Borja, machucado.

Apesar da mudança de treinador, o Grêmio continuou apresentando os mesmos problemas de jornadas anteriores nos minutos iniciais. Com meio campo espaçado e sofrendo na marcação, também não conseguiu agredir o rival, se limitando a rodar a bola na intermediária adversária, sem criar chances claras para marcar.

A situação só começou a mudar aos 23 minutos. Jean Pyerre recebeu na esquerda e cruzou para a grande área. Alisson apareceu como elemento surpresa para finalizar, e o goleiro Douglas até fez boa defesa. No entanto, o rebote ficou vivo na pequena área, e Douglas Costa, de cabeça, empurrou para o gol vazio para abrir o placar.

Na saída de bola, menos de um minuto depois, o Tricolor chegou ao segundo. Retomou rapidamente a bola, e de novo com participação de Alisson, que finalizou forte. O goleiro Douglas espalmou para a direita e ela se apresentou para o centroavante Diego Souza. Livre, ele só teve o trabalho de complementar para as redes e fazer 2 a 0.

À frente no placar, o Grêmio controlou o jogo depois dos 2 a 0. Seguiu com a posse de bola e, mesmo sem voltar a criar chances claras de marcar, não correu riscos diante de um Juventude que não encontoru alternativas no campo de ataque. Assim, o placar se manteve com a vantagem do Grêmio até o apito do árbitro.

Tricolor leva susto, mas confirma vitória e respira

O técnico Vagner Mancini precisou fazer uma troca no intervalo. Com o problema crônico no quadril, o zagueiro Kannemann precisou ser substituído por Rodrigues. Já no Juventude, o atacante Roberson, ex Grêmio, entrou no lugar de Capixaba.

O Grêmio seguiu com a posse da bola no segundo tempo e, logo no início, teve boa chance para marcar. Aos 6 minutos, Alisson recebeu na esquerda, limpou para dentro e finalizou forte de fora da área. De mão trocada, o goleiro Douglas saltou para espalmar e fazer grande defesa, evitando o terceiro do Tricolor na Arena.

Aos 10 minutos, a superioridade no início da etapa final se transformou em gol. Rafinha recebeu na esquerda e, com espaço, levou para o pé bom, o direito. Com ele, fez levantamento na medida para Villasanti entrar nas costas da zaga e se projetar no ponto futuro. Ele mergulhou de peixinho para marcar o terceiro do Grêmio na partida.

No entanto, três minutos depois, em uma desatenção do sistema defensivo, os visitantes descontaram. A equipe de Marquinhos Santos trocou boa sequência de passes na direita, até o cruzamento chegar na área para Sorriso. Ele finalizou e venceu Brenno, anotando para o Juventude.

No fim, houve tentativa de reação por parte do Juventude. As entradas de Ferreira e Elias mantiveram o Grêmio no ataque, e foi o Tricolor quem teve mais chances de marcar. No fim, Roberson ainda anotou, mas não houve tempo para a reação do Juventude, e a vitória por 3 a 2 confirmou a vitória na estreia de Vagner Mancin.

Fonte: Correio do Povo

%d blogueiros gostam disto:

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/tapeja36/public_html/wp-includes/functions.php on line 5420