fbpx

Incêndio no parque de SP dura mais de 20h e destrói 1.200 hectares

incêndio que atinge o Parque Estadual do Juquery, em Franco da Rocha, região metropolitana de São Paulo, já dura mais de 21 horas e consumiu cerca de 1.200 hectares de vegetação.

Segundo a tenente do Corpo de Bombeiros, Walkiria Zanquini, somente nas últimas 24 horas, a corporação recebeu mais de 1.500 chamados para incêndio em vegetação.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o acesso ao local das chamas no parque ocorreu pela rodovia Prefeito Salomão Chama, altura do quilômetro 43. O chamado inicial é das 9h18 deste domingo (22).

Em nota, a Prefeitura de Franco da Rocha informou que ainda há focos de incêndio no Parque Estadual Juquery e as equipes seguem com os trabalhos para conter as chamas: “Há muita fumaça em toda a cidade e ela deve permanecer durante todo o dia. Se você puder, não saia de casa, hidrate-se, beba bastante água e coloque panos úmidos pelos ambientes”.

Combate às chamas

O fogo atinge o parque estadual, que fica localizado entre os municípios de Franco da Rocha e Caieiras, ambos na região metropolitana.

Segundo informações dos bombeiros, 91 homens trabalharam para conter as chamas. As equipes também contaram com o apoio de brigadistas do parque.

O Águia 4, do Grupamento Aéreo da Polícia Militar, também prestou apoio na ocorrência. Assim como a Defesa Civil de Franco da Rocha, que encaminhou 112 profissionais ao local.

No sábado (21), o número de acionamentos para ocorrências de fogo em vegetação na região metropolitana atingiu a casa dos 800. Ainda segundo o major Marcos Palumbo, a ocorrência se torna de difícil controle por conta do relevo e da baixa umidade do ar, que ajuda na rápida propagação das chamas.

A fuligem atingiu diferentes bairros de São Paulo. 

Seis suspeitos de soltar balões foram presos em Franco da Rocha, às 19h deste domingo. O grupo estava perto do Parque Estadual do Juquery, após um balão ter caído na região. As equipes investigam se o grupo tem envolvimento com o incêndio. Foi arbitrada a fiança aos suspeitos.

Fonte: R7

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: