fbpx

Inter busca alternativas para o comando técnico após Vojvoda renovar com o Fortaleza

O Inter chegou a conversar com Vojvoda, mas ele preferiu prorrogar o seu vínculo no clube cearense, que conquistou uma vaga na Libertadores. Por isso, outros nomes surgem como alternativa. O também argentino Sebastián Beccacece, do Defensa y Justicia, é visto como uma possibilidade. Roger, que está desempregado, também. Até Rogério Ceni, que pode deixar o São Paulo, pode interessar.

Embora ainda não exista uma confirmação oficial por parte dos dirigentes, o Inter não colocará obstáculos à saída de Diego Aguirre. Pelo contrário. Neste momento, o maior interesse dos dirigentes é que o técnico seja mesmo o novo técnico do Uruguai, o que desobrigaria o clube a pagar a multa pela rescisão antecipada do contrato. O problema é que os dirigentes terão que buscar um substituto, já que o preferido, que era Juan Pablo Vojvoda, anunciou a sua permanência no Fortaleza.

Depois da derrota para o RB Bragantino, o presidente Alessandro Barcellos confirmou que deve procurar Aguirre para uma conversa. “O Aguirre sofreu a partir da especulação da imprensa (sobre a ida para a seleção do Uruguai). Agora, precisamos definir isso de uma vez por todas, para que possamos trabalhar com esse planejamento de 2022 de forma clara, com a comissão técnica que trabalhará em 2022”, disse.

Aguirre, por sua vez, concorda que houve uma queda de rendimento, principalmente após a vitória no Gre-Nal, mas lembrou que há carências no grupo de jogadores, inclusive numéricas. “Acho que fizemos um bom trabalho, mas faltaram os resultados”, disse Aguirre, lembrando que o clube atravessa um período de restrição orçamentária.

Fonte: Correio do Povo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: