fbpx

Juventude perde para o Cuiabá em confronto direto no Brasileirão

Em confronto direto por posições na tabela, o Juventude recebeu o Cuiabá no início da tarde deste sábado, no Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul. Com gols do zagueiro colombiando Quintero (contra) e de Jenison, os visitantes saíram vitoriosos em 2×1 – Guilherme Castilho descontou para o Ju.

O primeiro tempo foi marcado pelo intenso aproveitamento da equipe Caxias pelos lados do campo, apesar do jogo truncado. Logo aos 4 minutos, Wagner acionou o lateral Paulo Henrique, que dominou livre, mas cruzou direto nas mãos do goleiro Walter. Aos 9, o mesmo Paulo Henrique levantou na área para Guilherme Castilho se esticar e só raspar de cabeça. Castilho também seria o responsável pelo cruzamento forte pelo lado esquerdo que levou perigo ao gol do Dourado – a bola quicou entre a defesa e Quinteiro cabeceou fraco nas mãos de Walter. Novamente em cabeçada, aos 26, o zagueiro colombiando levou perigo à equipe mato-grossense, assim como  Ricardo Bueno, com chute forte de fora da área aos 29.

O Cuiabá mais se defendia do que propunha o jogo. Porém, aos 46, o revés. Jonathan Cafú infiltrou pela linha de fundo e cruzou para a área. A falta de comunicação fez Quinteiro esticar a perna e tirar a bola das mãos de Marcelo Carné. Enquanto os dois encontravam explicações, a bola já estava lá dentro. Gol contra do zagueiro, 1×0 Cuiabá.

Para a segunda etapa, o técnico Marquinhos Santos sacou o volante Dawhan e o meia Bruninho. Entraram Marco Vinicius e Bruninho. A proposta do Ju era um jogo mais ofensivo com as substituições. O gol não demorou a chegar. Aos 9 minutos, William Matheus, pressionado, cruzou na medida para a pequena área. Guilherme Castilho só completou com os pés para dentro da rede. O que era para ser uma reação, foi freada logo aos 22, com uma falha da zaga do Juventude no cruzamento de Uendel. A bola mal afastada sobrou para Jenison, que fez juz ao seu apelido de “Jenigol” pela torcida do Cuiabá, e fuzilou a meta de Marcelo Carné.

O Ju ainda teve uma última chance para empatar no final da partida. A cobrança ficou na barreira, mas o destaque ficou com Clayson, do Dourado. Antes, o atacante discutiu com William Matheus, e os dois receberam cartão amarelo. Descontrolado, Clayson discutiu com o árbitro Caio Max Augusto Vieira e foi expulso. O jogador teve que ser contido pelos colegas.

A equipe de Caxias permanece na 13° posição, com 23 pontos, podendo perder posições ainda nesta rodada. O próximo confronto do Ju no Brasileirão é contra o  Athletico-PR, no próximo sábado, às 18h45min, na Arena da Baixada, em Curitiba.

Fonte: Correio do Povo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: