fbpx

Manifestantes protestam contra o governo federal em diversas cidades brasileiras

Manifestações contra o governo do presidente Jair Bolsonaro, promovidas por organizações da sociedade civil, entidades sindicais e de estudantes e partidos políticos de oposição, foram realizadas neste sábado (02) em diversas cidades de pelo menos 25 Estados e do Distrito Federal.

Os manifestantes pediram o impeachment do presidente, mais vacinas contra o coronavírus para a população, mudanças na política econômica do governo, ampliação das políticas de combate à fome, alterações na reforma administrativa, entre outros temas.

No Rio de Janeiro, os manifestantes se concentraram na região da Igreja da Candelária. Pistas da avenida Presidente Vargas foram interditadas. As pessoas saíram, em caminhada, pela avenida Rio Branco até a Cinelândia, onde foi montado um palanque para discursos.

Em São Paulo, foi realizado um ato na Avenida Paulista. Em Salvador, a concentração dos manifestantes ocorreu na Praça Campo Grande. Depois, eles saíram em caminhada, passando por ruas do Centro da capital baiana até a Praça Castro Alves, onde foi realizado um evento cultural e discursos de líderes de várias entidades e partidos políticos.

Em Fortaleza, a Praça da Bandeira foi o local escolhido pelos organizadores para o protesto contra o governo na capital cearense. Também foram registradas manifestações em capitais como Porto Alegre, Brasília, Goiânia, Belém, Boa Vista e Maceió.

Rio Grande do Sul

Em Porto Alegre, um protesto contra Bolsonaro foi realizado no Centro da cidade na tarde deste sábado. Com caminhões de som e faixas, os manifestantes se concentraram no Largo Glênio Peres e depois partiram em caminhada até o Largo Zumbi dos Palmares, no bairro Cidade Baixa.

No interior do RS, foram registrados atos em cidades como Alvorada, Gravataí, Guaíba, Caxias do Sul, Cruz Alta, Pelotas, Santa Maria, Santana do Livramento, Erechim e Ijuí.

Fonte: O Sul

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: