fbpx

Mel verde pode ter sido causado por resíduos de indústrias de doces, diz professora

No último final de semana um agricultor aqui do Estado recolheu mel e ficou espantado com a coloração verde do produto, ao invés do âmbar normal. A notícia deixou a muitos preocupados, pois o mel é o raio-X das flores, da natureza e tido como um produto de extrema pureza.

Em entrevista na Uirapuru, a professora dos cursos de Agronomia e Medicina Veterinária da UPF, Gessi Koakoski, explicou que o mel tem origem no produto que a abelha coleta no meio ambiente. Neste caso, a cor esverdeada pode ter sido causada pela floração ou até mesmo por resíduos de indústrias de doces, principalmente balas, que usam processos açucarados junto com condimentos para pigmentar de diversas cores.

O ideal, segundo a especialista, é que o mel seja enviado ao laboratório para uma profunda investigação sobre a sua composição. Porém, ela adianta que mel com cor diferenciada é algo normal e tem a ver com o material que as abelhas coletam.

Um resíduo açucarado, por exemplo, atrai muito mais as abelhas, pois elas interpretam que o açúcar está pronto e não precisarão processar e trabalhar no néctar.

Outra questão que a professora Gessi destacou é que as abelhas preferem optar pelas flores para coletar seus produtos, mas isso depende muito da atratividade dos resíduos que estiverem próximos da floração.

Fonte: Uirapuru

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: