fbpx

Paralisação dos caminhoneiros pode ocorrer a partir de 5 de setembro

Uma promessa de paralisação dos caminhoneiros ganhou força nas redes sociais ainda no último dia 15 de agosto . A sinalização nacional é que is profissionais pretendem realizar o manifesto no dia 7 de setembro e permanecerão por 72 horas paralisados.

No entanto, a manifestação tem encontrado dificuldades de adesão entre os caminhoneiros autônomos. Eles dizem que o ato não tem reivindicações para a categoria, mas apenas razões políticas e ideológicas neste momento. A Uirapuru conversou com o representante dos caminhoneiros de Passo Fundo, Ângelo Alérico. Ele esclareceu que existe a sinalização nacional no meio dos profissionais, mas que os caminhoneiros da região não estão puxando ou organizando nada.

No entanto, se a paralisação nacional acontecer será motivada pela impossibilidade dos motoristas seguirem a viagem. Alérico explicou que os profissionais estão sendo informados que a partir do dia 5 de setembro serão suspensos todos os embarques de qualquer tipo de mercadoria. Portanto, não terão como trabalhar, nem que queiram. Além disso, há o indicativo de que as estradas poderão estar fechadas, o que impossibilitará o trânsito. O momento, para a categoria, é de aguardar o desfecho do possível ato em nível nacional.

Fonte: Uirapuru

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: