fbpx

Projeto Brasil Sem Frestas de Getúlio Vargas firma parceria com o Presídio

A Secretaria de Meio Ambiente de Getúlio Vargas, tem um convênio com o Projeto Brasil Sem Frestas e agora, além da campanha de arrecadação de caixas de leite vazias, firma uma nova parceria com o Presídio Estadual, para que, os detentos possam começar a produzir as placas térmicas.

Recentemente, dois detentos participaram de uma oficina promovida pela equipe do Projeto Brasil Sem Frestas de Passo Fundo, onde deram início à produção de placas térmicas para utilização em casas.

Inicialmente, eles aprenderam a preparar as caixas para a costura de placas, que ainda será realizada em Passo Fundo. Nesta fase, eles fazem a seleção das caixas por tamanho, abrem, limpam, cortam conforme medida padrão e separam de 12 em 12.

Em um segundo momento, eles farão também a costura destas caixas. Segundo o secretário de Meio Ambiente, Jackson Karpinski, a comunidade getuliense aderiu à ideia e tem levado até a secretaria grande quantidade de embalagens vazias de leite. Muitas escolas também fizeram campanhas para recolhimento de caixas de leite. Por isso, foi firmada esta parceria para dar agilidade ao projeto no município. As caixas de leite são utilizadas para a construção de chapas para preencher frestas em moradias de famílias de baixa renda.

Karpinski explica que as embalagens devem estar limpas para evitar contaminação e podem ser entregues na Secretaria de Meio Ambiente e no Centro de Referência em Assistência Social – CRAS -, que também é parceiro do Projeto e será responsável pela seleção das famílias a serem beneficiadas.

Fonte: Prefeitura de Getúlio Vargas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: