fbpx
GeralMundo

Reunião do G20 começa em Roma com foco em clima e recuperação econômica na pandemia

Começou neste sábado (30) a cúpula anual do G20, grupo formado pelas maiores economias do mundo, em Roma, na Itália. O presidente Jair Bolsonaro e outros líderes, como o presidente americano, Joe Biden, desembarcaram na sexta-feira (29) na capital italiana.

As pautas principais são a recuperação da economia mundial, a contenção da pandemia e as preocupações com as mudanças climáticas – nesse último ponto, o G20 é uma prévia da COP26, a cúpula do clima das Nações Unidas, que começa neste domingo (31) em Glasgow, na Escócia.

Em Roma, os representantes do G20 poderão participar de três painéis: “Economia e Saúde Global”, no sábado; e “Mudança Climática e Meio Ambiente” e “Desenvolvimento Sustentável”, ambos no domingo. A cúpula também promove outros debates secundários e é uma oportunidade de realização de reuniões bilaterais entre os líderes.

Programação

O primeiro-ministro italiano, Mario Draghi, dará início à cúpula com uma cerimônia de abertura. Os líderes se reunirão para uma foto por volta das 11h40 local (6:40 do horário de Brasília). A primeira sessão plenária começará logo em seguida.

O presidente dos EUA, Joe Biden, o primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, o presidente francês, Emmanuel Macron, e a chanceler alemã, Angela Merkel, se reunirão para discutir a retomada das negociações sobre o acordo nuclear com o Irã e sobre as preocupações comuns sobre o programa nuclear iraniano no final da tarde. Um jantar oficial encerrará a noite.

Histórico

O G20 foi criado em 1999, reunindo as 19 maiores economias do mundo e a União Europeia. As cúpulas anuais acontecem desde 2008, com a presença de chefes de Estado ou de Governo.

O grupo é composto por: África do Sul, Alemanha, Arábia Saudita, Argentina, Austrália, Brasil, Canadá, China, Coreia do Sul, Estados Unidos, França, Índia, Indonésia, Itália, Japão, México, Reino Unido, Rússia, Turquia e União Europeia. Essas nações somam cerca de 60% da população mundial, 80% do PIB global e são responsáveis por 75% do comércio em todo o mundo.

Bolsonaro vai ao G20, mas fica fora da COP 26

O Brasil está representado pelo presidente Jair Bolsonaro e os ministros da Economia, Paulo Guedes, e das Relações Exteriores, Carlos França. A agenda de Bolsonaro, no entanto, destoa de outros líderes do G20, que deixarão o evento no domingo para ir à COP26, onde a questão das mudanças climáticas será aprofundada.

O presidente brasileiro não irá para a cúpula de Glasgow. O país será representado pelo ministro do Meio Ambiente, Joaquim Leite, enquanto Bolsonaro cumprirá outros compromissos na Itália.

Depois da cúpula G20, Bolsonaro visita, na segunda-feira (1º), a cidade de Anguillara Veneta, local onde viveu seu bisavô e onde há uma homenagem programada para o presidente brasileiro, que deverá receber o título de cidadão honorário. No dia seguinte, Bolsonaro participa de uma cerimônia, em Pistoia, em memória aos militares brasileiros mortos na Segunda Guerra Mundial.

Fonte: O Sul

%d blogueiros gostam disto:

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/tapeja36/public_html/wp-includes/functions.php on line 5420