fbpx
GeralSaúde

RS se prepara para vacinação do público a partir dos 12 anos, sem comorbidades

Será anunciado nas próximas semanas o início da vacinação de adolescentes de 12 a 17 anos sem comorbidades no RS. A garantia foi dada na manhã desta sexta-feira pelo presidente do Conselho das Secretarias Municipais de Saúde do RS (Cosems) e vice-presidente da Região Sul do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems), Maicon Lemos, que também é secretário de Saúde da cidade de Canoas. “Aguardamos apenas uma liberação do Ministério da Saúde para começar a imunizar este público. O ministério solicitou aos estados e municípios, na última reunião da Comissão Intergestores Tripartite (CIT), que aguardasse por essa liberação. Ela deve ocorrer nos próximos dias, e será nacional. E, no RS, os municípios a esperam com ansiedade”, assegurou o dirigente, durante o intervalo entre as reuniões mantidas nesta manhã entre secretários municipais e a secretaria estadual para debater a continuidade das estratégias de vacinação no Estado.

Conforme Lemos, o anseio da parte dos gestores gaúchos se dá não apenas pela necessidade de vacinar o maior público possível, como também pelo fato de o Estado já ter confirmada a transmissão comunitária da variante delta do coronavírus. “A cada dia novos casos da delta se confirmam, e de forma rápida. Por isso, não estamos afastados de ter uma possível onda de contaminados maior. E não há como projetar quantos dos contaminados poderão vir a ocupar leitos de UTI ou de enfermaria. Então, a nova variante é, sim, uma preocupação.  Os estados e os municípios, por meio do Conass (Conselho Nacional dos Secretários da Saúde) e do Conasems, solicitaram ao ministério que avaliasse com urgência a liberação da vacinação do público em geral na faixa etária dos 12 aos 17 anos, sem comorbidades.

O secretário explicou também que o avanço da imunização para este público não competirá com a aplicação das segundas doses de imunizantes no Estado. “A maior parte das segundas doses que temos para fazer no RS são da AstraZeneca. E a vacina autorizada para crianças a partir dos 12 anos é a da Pfizer. Desejamos ampliar a imunização para esta faixa etária o mais breve possível, já que é uma corrida contra o tempo. A nova variante consegue atingir exponencialmente um número de pessoas, e não sabemos como pode reagir, mesmo vacinado, um quantitativo grande contaminados”, adiantou. Conforme os dados do portal da vacinação da Secretaria Estadual da Saúde (SES) atualizados até a manhã desta sexta, 3,6 milhões de pessoas receberam a primeira dose da AstraZeneca no RS e 1,5 milhão a segunda. No caso da vacina da Pfizer, 1,5 milhão de pessoas tomou a primeira dose até o momento, e 95,9 mil a segunda.

As manifestações do presidente do Cosems são as primeiras concretas de uma autoridade da saúde no Estado no sentido de garantir a ampliação da vacinação ao público sem comorbidades com imunizante já autorizado pela Anvisa para além da população adulta. Autoridades do Executivo estadual vêm repetindo que aguardam pela inclusão do público no Programa Nacional de Imunizações (PNI), em estratégia diversa da que foi adotada para crianças e adolescentes a partir dos 12 anos com comorbidades. Em 12 de julho a Comissão Intergestores Bipartite (CIB) decidiu incluir as crianças e adolescentes com comorbidades nos grupos prioritários para receber a vacina no RS, antes de o Ministério da Saúde incluir o grupo no PNI, o que só veio a acontecer em 30 de julho.

Pelo Brasil, uma série de estados e cidades já vacina adolescentes a partir dos 12 anos sem comorbidades, possui calendários para dar início a imunização, já anunciou que vai realizá-la a partir de setembro ou abriu cadastramento. É o caso do estado de São Paulo e da cidade do Rio de Janeiro, por exemplo, mas também do Distrito Federal e de Minas Gerais, de Manaus (AM), São Luís (MA), Campo Grande (MS), Boa Vista (RR), Rio Branco (AC), Salvador (BA) e Recife (PE).

Fonte: CP

%d blogueiros gostam disto:

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/tapeja36/public_html/wp-includes/functions.php on line 5420