fbpx
GeralMundo

Rússia permitirá abertura de corredores humanitários em quatro cidades

O Ministério de Defesa da Rússia informou que militares russos vão abrir corrredores humanitários em Kiev, capital ucraniana, e outras três cidades nesta segunda-feira (7). Essas passagens, que também estarão presentes em Kharkiv, Mariupol e Sumy, têm sido um pedido constante do presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky.

Em comunicado, as forças russas também citam o líder francês Emmanuel Macron e informam que não vão atirar em civis a partir das 10h no horário local (4h no horário de Brasília). A promessa foi feita neste domingo (6), mas há relatos de ataques russos a civis que buscavam deixar a Ucrânia.

Segundo um funcionário da Defesa dos Estados Unidos, a Rússia já disparou mais de 600 mísseis desde o início da invasão e estão cercando grandes cidades ucranianas, como Kiev, Kharkiv e Chernihiv.

Para obter vantagem no combate, a Rùssia está mirando a infraestrutura de comunicação da Ucrânia, disse o Ministério da Defesa do Reino Unido. “A Rússia busca reduzir o acesso a informações confiáveis, e o acesso à internet provavalmente também será interrompido”, informou o órgão.

Um ataque ao distrito de Irpin, a oeste de Kiev, na Ucrâniamatou oito civis na manhã deste domingo (6), segundo Oleksandr Markushyn, prefeito do distrito. Em comunicado no Telegram, ele disse que os russos abriram fogo durante uma retirada de civis que estava sendo realizada em uma ponte.

“Uma família morreu na minha frente. Duas crianças pequenas e dois adultos morreram”, disse Markushyn.

A imprensa internacional estava filmando a região quando o que parece ter sido dois projéteis de artilharia ou morteiros atingiram o local. O impacto das explosões foi ouvido pelas equipes da CNN na capital Kiev e nas áreas rurais a sudoeste.

Também neste domingo, o conselho da cidade de Mariupol afirmou que não foi possível realizar a retirada de um comboio de civis através de um corredor humanitário por causa de um ataque russo. “É extremamente perigoso tirar as pessoas em tais condições”, disse o conselho da cidade em um comunicado on-line.

Os corredores foram desativados no sábado (5) por conta da quebra do cessar-fogo pela Rússia, acusou a Ucrânia.

O presidente ucraniano Volodymyr Zelensky disse que oito mísseis russos destruíram completamente o aeroporto civil de Vinnytsia, na região oeste do país, neste domingo. O mandatário ucraniano também disse que as forças russas estão se preparando para bombardear a cidade de Odessa, na costa ucraniana do Mar Negro.

“Foguetes contra Odessa? Isso será um crime de guerra”, disse ele em um discurso televisionado.

De acordo com a ONU (Organização das Nações Unidas), mais de 1,5 milhão de pessoas já deixaram a Ucrânia para países vizinhos.

“O presidente está trabalhando com seus assessores, assessores de segurança, bem como seus assessores de energia, sobre como lidar com essas questões”, disse ela, acrescentando que a Casa Branca está ciente de como essa proibição pode afetar os preços do gás.

Fonte: CNN Brasil

%d blogueiros gostam disto:

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/tapeja36/public_html/wp-includes/functions.php on line 5373