fbpx
Geral

Safra do pinhão na Serra Gaúcha deve apresentar variações entre os municípios neste ano

A colheita e a venda do pinhão no Rio Grande do Sul estão autorizadas desde sábado (1º). A Serra Gaúcha é a maior produtora no Estado, especialmente as regiões dos Campos de Cima da Serra e das Hortênsias, onde o produto é importante na formação da renda ou mesmo no sustento das unidades de produção familiares que trabalham com o extrativismo da semente.

Conforme levantamento realizado pela Emater/RS-Ascar, assim como ocorreu em anos anteriores, a produção de pinhão na Serra em 2023 deve apresentar variações entre os municípios. As estimativas iniciais apontam para uma safra semelhante à do ano passado ou com uma redução de 10 a 30% na produção.

Conforme a engenheira florestal Adelaide Ramos, isso se deve às condições climáticas ocorridas no período de desenvolvimento das pinhas, especialmente as estiagens que vêm se repetindo nos últimos anos, aliadas à alternância de produção, que é uma característica da espécie.

Toda a colheita é manual, e a cadeia produtiva apresenta poucas iniciativas de beneficiamento, industrialização e armazenamento, concentrando-se a comercialização no período que vai de abril a junho.

O preço mínimo pago para o extrativista de pinhão neste ano, conforme portaria do Ministério da Agricultura, é de R$ 4,05/quilo.

Estimativa de produção em 2023:

São Francisco de Paula

Estimativa de produção safra 2023 (toneladas): 70

Nº de famílias envolvidas: 160

Muitos Capões

Estimativa de produção safra 2023 (toneladas): 100

Nº de famílias envolvidas: 70

Cambará do Sul

Estimativa de produção safra 2023 (toneladas): 50

Nº de famílias envolvidas: 100

Bom Jesus

Estimativa de produção safra 2023 (toneladas): 45

Nº de famílias envolvidas: 120

São José dos Ausentes

Estimativa de produção safra 2023 (toneladas): 40

Nº de famílias envolvidas: 90

Fonte: O Sul

%d blogueiros gostam disto:

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/tapeja36/public_html/wp-includes/functions.php on line 5420