fbpx

Suspeitos de aplicar golpes em pelo menos 70 pecuaristas no RS são soltos

Três suspeitos de aplicar golpes em pelo menos 70 pecuaristas no Rio Grande do Sul foram soltos. A decisão judicial é da Comarca de Caçapava do Sul, na Região Central do estado. Eles estavam presos desde o dia 22 de junho, quando a operação foi deflagrada pela Polícia Civil.

Um dos homens soltos é Marco Gilberto Müller Becker Filho. Ele é suspeito de comandar o esquema, considerado pela polícia o maior golpe da história da pecuária no RS, e foi solto no domingo (3).

A advogada de Marco, Ana Elisa Telesca, destacou que o cliente é inocente e que a liberdade provisória é apenas “uma etapa a ser percorrida em busca da verdade.”

Os três vão responder em liberdade.

O golpe

De acordo com a polícia, os produtores vendiam animais para os suspeitos, mas não recebiam o pagamento combinado. Segundo os pecuaristas, o gado era vendido sem contrato, em uma negociação informal. O pagamento era feito através de depósitos bancários ou cheques pré-datados. Contudo, a conta indicada no acerto não tinha fundos.

Segundo o delegado André de Matos Mendes, da Delegacia de Polícia Especializada na Repressão aos Crimes Rurais e Abigeato (Decrab), os prejuízos são estimados em R$ 30 milhões. Os golpes foram aplicados em 10 municípios da Região Central e da Campanha.

Cerca de 70 pecuaristas registraram boletim de ocorrência. Na investigação, oito pessoas foram indiciadas por estelionato e organização criminosa.

Fonte: G1/RS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: