fbpx

Tapejara tem crescimento estimado de habitantes em 29,73% em dez anos

apejara possui a população estimada de 24.973 habitantes, conforme dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2021. O número é 29,73% maior do que o total de habitantes registrado no censo de 2010, quando o município possuía 19.250 moradores. No Rio Grande do Sul, Tapejara ocupa a 107ª posição em número de habitantes entre os 497 municípios.

Outros dados que o IBGE deixa disponível e que foram atualizados em 2019, tratam que a média salarial dos tapejarenses é de 2,1 salários mínimos e a proporção de pessoas ocupadas em relação à população total é de 43%. Na comparação com os outros municípios do RS, ocupa as posições 326° e 21°, respectivamente. Isso significa que Tapejara possui uma média de salário mais baixa do que outros 325 municípios do Estado e uma taxa de população que exerce atividade profissional (formal ou informal, remunerada ou não) próxima ao topo entre as mais bem colocadas. 

Os dados não levam em conta os efeitos causados pela pandemia da Covid-19. A atualização dos dados de população, educação e trabalho deve ser feita no Censo Demográfico 2022.

Confira a estimativa populacional dos municípios da região:

– Água Santa registrou aumento de 0,42%, sendo 3.722 habitantes em 2010 e população estimada de 3.738 pessoas.

– Charrua teve queda no número de habitantes, sendo 3.471 pessoas em 2010 e população estimada de 3.228 em 2021, o que representa diminuição de 7,52%.

– Em Ibiaçá, o número de habitantes era de 4.710 em 2010 e, segundo estimativas do IBGE, é de 4.690 em 2021, com queda de 0,42%.

– Santa Cecília do Sul também apresentou diminuição no número de habitantes, com 1.655 em 2010 para 1.630 em 2021, apresentando diminuição de 1,53%.

– Vila Lângaro teve queda de 3,96% na população. Em 2010, eram 2.152 habitantes, já em 2021, a estimativa é de que o número de moradores é de 2.070.

Conforme os dados, que podem ser acessados pelo site https://cidades.ibge.gov.br/, na região, apenas Tapejara e Água Santa tiveram aumento na estimativa da população. As cidades de Charrua, Ibiaçá, Santa Cecília do Sul e Vila Lângaro apresentaram queda no número de moradores. Entre as cidades, a que teve maior queda em número de habitantes no período de pouco mais de 10 anos foi Charrua, com 7,52%.

Com informações: 100e7

Foto: FW

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: