fbpx

Agência Nacional de Saúde Suplementar instaura dois processos sobre denúncias contra a Prevent Senior

A ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) instaurou dois processos para apurar as acusações contra a Prevent Senior. A agência reguladora divulgou uma nota nesta sexta-feira (01) informando que realizou diligências presenciais e telefônicas, além de ter se reunido com representantes da empresa. Ainda de acordo com a nota, a ANS encaminhou ofícios a médicos e ex-médicos da Prevent Senior.

O comunicado, intitulado “Mensagem da ANS aos beneficiários da Prevent Senior” diz ainda que “as análises das informações estão em curso e são necessárias para subsidiar as decisões sobre medidas que venham a ser tomadas pela ANS”. A nota diz também que a agência reguladora está fazendo apuração rigorosa e cuidadosa e que “a Prevent Senior tem obrigação de manter a assistência aos seus mais de 540 mil beneficiários – com qualidade e em tempo oportuno”.

A ANS já havia autuado a Prevent Senior na quinta-feira (28). A empresa também se tornou alvo da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) após denúncias de que teria fraudado atestados de óbito para omitir casos de Covid-19 e feito testes com medicamentos que não têm eficácia comprovada para o tratamento da doença sem o consentimento de pacientes.

De acordo com a ANS, foram constatados indícios de que a operadora deixou de comunicar aos beneficiários informações que, por lei, deveriam ter sido dadas. A agência reguladora disse ainda que a operadora tem dez dias, contados a partir de segunda, para apresentar defesa.

A ANS afirma que segue com as análises de documentos relativos à Prevent Senior a respeito das denúncias sobre cerceamento ao exercício da atividade médica aos prestadores vinculados à rede própria da operadora.

Fonte: O Sul

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: