fbpx

Grêmio entra com mandado de garantia no STJD para impedir jogo com torcida contra o Flamengo

A partida entre Flamengo e Grêmio já começou, ao menos nos tribunais. Fundamentado por uma liminar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), os Rubro-Negros abrirão os portões para os torcedores nesta quarta-feira, às 21h30min, pelo jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil. No campo jurídico, o Tricolor agiu nesta terça para impedir a torcida e entrou com uma o mandado de garantia de ordem personalíssima para derrubar a decisão favorável aos cariocas. 

De acordo com o Órgão, não há um prazo para analisar o pedido gremista. Em contato com o repórter Rafael Pfeiffer, da Rádio Guaíba, o diretor jurídico Nestor Hein afirmou que “o único objetivo é não ter público no jogo de amanhã”. 

O desentendimento surgiu no momento que o Flamengo anunciou a presença de torcedores no confronto de volta. De acordo com o regulamento da competição diante da pandemia da Covid-19, essa decisão rompe a isonomia entre as equipes – no jogo de ida, na Arena, não houve presença de público. O documento prevê que se um dos duelos do mata-mata não contar com torcida, ambos não podem ter. 

Inicialmente, o Grêmio se posicionou fortemente contrário e admitiu a possibilidade de não entrar em campo, após parecer do departamento jurídico. No entanto, a direção voltou atrás e garantiu a entrada em campo do time – que já está no Rio de Janeiro – nesta quarta-feira. Com placar amplamente desfavorável, 4 a 0 no jogo de ida, o técnico Felipão optará por uma equipe com jogadores reservas para o duelo, que será no dia do aniversário gremista. O entendimento é que a luta contra o rebaixamento no Brasileirão é prioridade.

Fonte: Correio do Povo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: