fbpx

Investigação: prefeito acessa denúncia e se diz perplexo com maldade de algumas pessoas

O prefeito de Lagoa Vermelha, Gustavo Bonotto (PP), teve acesso à denúncia que motiva investigação do Ministério Público (MP) sobre licitação realizada em 2019 para contratação de empresa para coleta do lixo. O gestor, que já era prefeito na época, se disse surpreso com o teor de alguns aspectos do processo. “A maldade de algumas pessoas é algo que continua nos surpreendendo”, reflete Bonotto.

Na semana passada, o vice-prefeito de Lagoa Vermelha e secretário Geral, Eder Piardi (PP), foi afastado de suas funções por 180 dias. Na época da licitação, Piardi era fiscal do contrato. Além do afastamento, o MP também cumpriu mandados de busca e apreensão nas casas de Bonotto e Piardi, além do prédio da Prefeitura. O prefeito se disse tranquilo e informou que colabora com as investigações, apesar disso, admitiu ter sido afetado emocionalmente.

Em razão das investigações, nos próximos dias haverá alteração da empresa que realiza a limpeza urbana e a operação do aterro sanitário. Investigada, a Adeva não tem permissão para manter contrato com o município. A medida não afeta a coleta do lixo, que é praticada por outra empresa. Ouça a entrevista e saiba mais.

Fonte: Rádio Cacique

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: